Vidaroyal's Blog

Moda, estilo de vida,beleza e estetica.

Dicas de como eliminar olheiras!

 

 
Primeiro, é importante saber o que são as tais manchas escuras. A região da pálpebra inferior é amplamente irrigada por vasos sanguíneos. Com esses vasos dilatados, ocorre uma espécie de inchaço local por causa da saída de glóbulos vermelhos do interior deles para a derme. “Estas hemácias sofrem uma transformação química, com depósito de pigmentos férricos, o que torna a região mais amarronzada”, explica a Dra Valéria Marcondes, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

Tratamentos

Laser:
Se você quer acabar definitivamente com as olheiras permanentes, a melhor opção é o laser, que pode atuar no sistema vascular ou na pigmentação da pele. “O laser de luz pulsada emite um feixe de luz que é atraído pela cor da região escura, e provoca a fragmentação do pigmento, clareando a pele”, esclarece a Dra. Valéria.

Durante a aplicação do laser, os olhos devem estar protegidos com protetores oculares (externos ou internos) que impeçam que os raios atinjam o órgão, pois há risco de uma queimadura ocular. Este tipo de tratamento requer de 4 a 5 sessões e pode provocar vermelhidão e inchaço no local de 3 a 4 dias. Durante esse período é importante evitar exposição solar para evitar manchas na pele.

Cremes:
Mas se você não quer se submeter as sessões de laser pode recorrer a tratamentos que agem na drenagem local e que melhoram a vasodilatação venosa, como é o caso de produtos com bioflavanóides (rutina, benzopironas, escina). Seus princípios ativos aumentam o tônus venoso e com isso diminuem a dilatação, já que atuam na microcirculação sanguínea.

Peeling:
Peelings também são bem-vindos! Os ácidos promovem uma esfoliação suave da região com clareamento, porém esse tipo de tratamento é restrito, dependendo da avaliação criteriosa de um médico para evitar manchas ou quaisquer complicações. Em uma versão menos abrasiva, você pode recorrer aos produtos despigmentantes, isto é, que removem o pigmento, como o ácido kójico, fítico, hidroquinona ou aqua licorice.

Carboxiterapia:
Segundo a Dra. Valéria, a carboxiterapia tem se mostrado eficaz também para o tratamento das olheiras. Através da infiltração subcutânea de gás CO2 (dióxido de carbono), há um aumento das trocas de oxigênio no local que melhora a irrigação e nutrição celular, além do fato que o descolamento físico promovido pelo gás estimula a formação de novas fibras de colágeno, o que melhora a flacidez da pele.

São necessárias de 5 a 8 sessões semanais e normalmente a região fica inchada e com hematomas.

Truques rápidos!

Se a situação for de emergência você pode recorrer para alguns truques de maquiagem que irão resolver o problema! Conversamos com o maquiador Cayo Lanza, do Studio W, para saber o que ele indica.

Para a mulher que teve uma noite mal dormida e quer se ver livre das olheiras, o primeiro passo é escolher um bom corretivo do mesmo tom da pele. No mercado existem produtos compactos, líquidos e os em forma de bastão. Escolha o tipo que oferece melhor aplicação para você.

“Com um pincel, a mulher deve passar o produto em toda a pálpebra superior e inferior, no canto dos olhos, canto do nariz e abrindo levemente para as maças do rosto para uniformizar com o restante da pele do rosto”, explica.

Se as manchas estiverem muito escuras o procedimento é mesmo, apenas tome cuidado na hora de escolher o corretivo! “O certo é misturar o corretivo no tom da pele com um que tenha um matiz mais avermelhado, dessa forma você consegue neutralizar o fundo escuro da mancha.”

É importante lembrar que na hora de fazer o make nos olhos, as mulheres que apresentam manchas escuras devem esquecer o lápis preto. “Ele vai carregar ainda mais as olheiras. Prefira sempre os tons claros ou apenas o corretivo”, finaliza.

abril 12, 2010 Posted by | beleza, dicas de beleza, estética facial, Spa, vidaroyal | , , | Deixe um comentário