Vidaroyal's Blog

Moda, estilo de vida,beleza e estetica.

Cirurgia Plástica

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Cirurgia Plástica

Aqui entre nós, uma plástica bem feita e bem escolhida nos ajuda – e muito, a encontrar a auto estima e a nos sentirmos belos. Com todo esse avanço tecnológico, a cirurgia plástica pode nos tranformar em outra pessoa, com bumbum bonito, seios ideais e contornos mais atraentes.

Existem várias razões porque as pessoas resolvem fazer uma cirurgia plástica. Algumas têm um pequeno defeito que já vem incomodando por anos ou recentemente, outras se preocupam com as mudanças ocasionadas pela gravidez, perda de peso, avanço da idade, etc… O importante é ter consciência de que a cirurgia plástica não resolve todos os problemas da vida, não deve ser utilizada como fuga de algum conflito seja ele familiar, amoroso, social, financeiro, etc etc etc.

A Plástica evoluiu muito nos últimos tempos. Cada vez mais frequente hoje, a prática de cirurgias combinadas corrige simultaneamente diversas imperfeições. As cicatrizes diminuíram bastante… mas apesar disso o resultado satisfatório vai depender de vários outros fatores como uma boa cicatrização, a capacidade do cirurgião de escolher a melhor técnica (corte), e principalmente o processo pré e pós operatório, os quais requerem cuidados como qualquer outra cirurgia.

O sucesso da sua plástica vai depender muito das suas escolhas. Então, antes de tomar qualquer decisão leia as importantes dicas abaixo, discuta e pense bem.

1- Escolha uma equipe médica e hospitalar de qualidade: Tenha conhecimento da formação do médico, a qualidade e quantidade de informação que ele te passa durante a consulta, a sensação de confiança e empatia com ele. O médico deve explicar cada procedimento e de que forma todo esse processo poderá melhorar sua aparência, deve usar termos compreensíveis e deixar você tranquilo e seguro. Deve ainda estar aberto para esclarecer todas as suas dúvidas. Pergunte sobre as complicações possíveis neste tipo de cirurgia e a probabilidade de ocorrerem com você. Esteja certo de que este é um profissional especializado no tipo de cirurgia que você deseja, se é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o tempo de experiência, se é ele mesmo quem fará toda a cirurgia. Peça fotos e recomendações de pacientes que fizeram o mesmo procedimento e o custo total de todo o processo, incluindo internação, anestesia, reparos e retoques futuros- se forem necessários.
Esteja atento se o hospital funciona de acordo com as normas da Vigilância Sanitária ( se possui certificado de normas rígidas de controle de infecção,centro cirurgico com infraestrutura adequada, com aparelhos compatíveis com os de uma UTI, e UTI móvel)

2- Tenha motivações e expectativas realistas: O objetivo da cirurgia plástica é melhorar a aparência de uma determinada região do corpo, de acordo com seu biotipo, textura de pele, cicatrização, peso e altura. O cirurgião não faz milagres (mesmo que em alguns casos a transformação seja da água para o vinho). Não adianta chegar ao consultório pedindo o bumbum da Juliana Paes ou a barriga da Adriana Bom Bom pois seu perfil é diferente do perfil de cada uma delas.Tenha consciência do próprio corpo.

3- Esteja em forma física e psicológica: A plástica deve ser feita no momento em que há maturidade de personalidade para encarar as fases do procedimento, porque a preparação e o pós-operatório de qualquer cirurgia plástica exigem disciplina. Sem contar que a região a ser operada tem que estar em condições ideais, tem que ter uma indicação muito precisa para aquele determinado procedimento.

4- Entenda os riscos: Os mesmos riscos eminentes de uma outra cirurgia: infecção, hemorragia, hematonas, quelóides, dentre outros fatores. Há também o risco adicional por expectativa não realista. Atente também quando a possibilidade de vocêe apresentar alguma doença que torne a anestesia e a cirugia complicadas.

5- Informe-se sobre a anestesia mais adequada: Especialistas da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica explicam que, na maioria dos casos, é utilizada a anestesia local associada a uma sedação venosa, acompanhada por um médico anestesiologista, mas se usa, também, a peridural e mais raramente a anestesia geral. Nas cirurgias abdominais e nas grandes lipoaspirações geralmente usa-se a anestesia peridural, que proporciona maior conforto e segurança para essas cirurgias. A anestesia geral fica reservada para um pequeno número de indicações ou, como raramente acontece, por preferência do paciente. Reações adversas à anestesia podem ocorrer. No caso de anestesia geral, a clínica em questão deve estar habilitada com uma unidade de tratamento intensivo para o caso de parada cardíaca. A presença do anestesista durante toda a cirurgia e a consulta prévia com este especialista é fundamental para a segurança do procedimento.

6- Medicamentos: O médico deve ser informado sobre todos os medicamentos utilizados no período pré operatório, mesmo um comprimido para gripe, pois durante a cirurgia serão administrados antiinflamatórios, antibióticos e analgésisos, havendo sempre o risco de imcompatibilidade dos ativos, podendo causar uma reação perigosa. Medicamentos para regime devem ser suspensos cerca de 20 dias(ou mais) antes da cirurgia.

7- Siga rigorosamente as orientações da equipe médica, cuide da alimentação e faça exercícios.

Dê tempo a si mesmo para tomar a decisão definitiva, não se deixe levar pelo impulso. Bom senso, cautela e informação são essenciais para obter resultados satisfatórios e surpreendentes!

Anúncios

janeiro 5, 2010 Posted by | cirurgia plastica | , | Deixe um comentário